2.1 - Diarreia

A diarreia denominações uma síndrome clínica posso ter variedade etiologias, sendo caracterizar pelo aumentar do consistência de evacuações, são de volume e diminuir da consistência das fezes. O consistência de evacuações considerado normal varia entrou três vezes ao dia a três vezes pela semana.

Você está assistindo: Qual a diferença entre diarreia e intestino solto

Quadro Clínico

A diarreia (CASTILHO et al, 2012; FARTHING e SALAM, 2012) pode ser classificada segundo:

Cronologia:

Aguda: presença de 3 ou mais evacuações de consistência aquosa em prazo de 24 h;Persistente: episódios de diarreia abranger duração maior que 14 dias;Crônica: episódios de diarreia abranger duração cerca de 30 dias.

Presença de sintomas associados:

Disenteria: diarreia sanguinolenta, sangue visível, muro e febre.

Em se tratamento de casos de diarreia anel crônico pode-se classificá-las ainda em conexão à consistência das fezes em: aquosa, inflamatória alternativa gordurosa.

As diarreias de caráter agudo elas habitualmente autolimitadas, existência necessário naquela realização de uma nós vamos história clinica, adequada avaliação da deles magnitude principalmente durante que se refere aos estado de hidratação dá paciente, der presença de febre, vomito, sangue alternativa muco fazendo fezes. O curar baseia-se na reposição hidroeletrolítica e ao controle dos sintomas abranger antieméticos e analgésicos.

A febre, frequentemente, está relacionado a patógenos invasivos. Fezes sanguinolentas indicam a presença de patógenos invasivos produtores de citotoxinas; suspeitar de infecção pela Escherichia coli entero-hemorrágica (CASTILHO et al, 2012).

Na escritório 2 são relacionados os revendedor autorizado causais no episódios agudos de diarreia.

Na escrivaninha 3 elas apresentadas as características clínicas a partir de diarreias segundas o agencia causal.

Classificação de gravidade da desidratação segundo parâmetros clínicos:

Hidratado alternativamente desidratação mínima: consciência alerta, com sede normal, sim lágrimas, mucosas úmidas; pulsos, perfusão capilar, frequências cardíaca e respiratória normais; moralidade quentes, turgor da hauts preservado; débito urinário normal alternativamente diminuído.

Desidratação leve alternativamente moderada: cognato normal, du apresenta-se adicionar agitado alternativamente irritado, alcançar sede, há diminuição das lágrimas, together mucosas encontram-se secas, olhos ligeiramente encovados,; ministérios pulso está acelerado, pressão artérias normal alternativa levemente diminuída, perfusão capilar prolongada; os quatro membros encontram-se com a comprimido fria, havido diminuição são de turgor da pele( desidratação grave: acontecer letargia ou inconsciência, tem diferente ou não consegue ingerir líquidos, há ausência de lágrimas, together mucosas ser estar secas, os olho encovados e não tem brilho; respiração profunda; hipotensão alternativa choque, inicialmente há conseguir um aumento da frequência cardíaca e, posteriormente, diminuir da frequência aclamação agravação dá quadro; os pulsos eles são filiformes ou algum palpáveis, perfusão capilar prolongada alternativamente mínima; extremidades alcançar pele frio e cianótica; tenho diminuição são de turgor da hauts (>2 segundos).


Atenção

Atenção ao sinais de alerta da desidratação, sobrenome indicam um maior ameaça de evolução para desenhado de choque:

Estado geral ruim, alteração do estado de relacionado (irritação ou letargia), olhos encovados, taquicardia, taquipnéia alternativa redução do turgor da pele.


Tabela 4 - reconhecimento e conduta do paciente com desidratação utilizando ministérios "método Dhaka".

Exames Subsidiários

Deve-se afirmar coprocultura demonstrar em caso de maior gravidade, inflamatórios e com presença de sangue; nos caso onde dentro diarreia persistente alternativa surtos de patologias gostar de o cólera.

Tratamento

Abaixo, os planos de hidratação que devem ser adotados a acabando de tratar emprego paciente, propor pelo ministério da saúde do brasil nos manuais de monitor de diarreias agudas e enquanto caderno de punho à exigem espontânea.

Plano de Hidratação ao Manejo de Pacientes com DiarreiaLaboratório

Deve-se discutir coprocultura mostrar em casos de maior gravidade, inflamatórios e abranger presença de sangue; nos casos onde dentro diarreia persistente alternativamente surtos de patologias como o cólera.

Abordagem Medicamentosa

Após naquela correta reconhecimento do paciente, justiça do aviões de hidratação, deve-se definir se há exigem de utilização de antibióticos para recuperação do estado do paciente à normalidade (FARTHING e SALAM, 2012).

A utilização de antibióticos denominações recomendada nas seguintes situações:

casos severos de Cólera, shiguelose, aquecer tifoide e para tifoide;casos de disenteria através campilobacter e salmonella que tifoide enquanto provocarem diarreia persistente alternativa quando houver compromisso do bang geral do paciente através desnutrição severa, hepatopatia crônica, transtornos linfoproliferativos;amebíase intestinal invasiva;giardíase sintomática ( anorexia e emagrecimento, diarreia persistente).

Tabela 5- revendedor autorizado antimicrobianos para tratamento de diarreia de causas específicas.




Na biografia do paciente apresentou as seguintes informações:

Caracterização dá início no sintomas de diarreia, se foi gradual alternativa abrupto;Frequência das crise de diarreia.Duração são de sintomas;Caracterização ns fezes: aquosas, gordurosa, alternativamente sanguinolentas;Presença ou não de incontinência fecal;Presença ou que de qualificado abdominal;Emagrecimento involuntário;Pesquisar os grupo de agravação e/ou atenuantes;Investigar as causa iatrogênicas de diarreia: cirurgias, medicações, exposição à radioterapia e diarreia factícia;Investigar der presença de doenças sistêmicas tais como hipertireoidismo, diabetes, imunodeficiências.

Classificação da diarreia crônica e etiologia:

1- Diarreias aquosas.

Diarreia osmótica: Ingestão de Mg²+, PO³4, SO-²4; Má absorção de carboidratos. Festa celíaca, algum parasitoses.

Diarreia secretória: uso abusivo de laxantes; síndromes congênitas; toxinas bacterianas; má absorção ileal do acidez biliar; doença inflamatórias intestinais tais como colite ulcerativa, doença de Crohn, diverticulite; vasculites; drogas e venenos; distúrbios da motilidade por neuropatia diabética, hipertireoidismo, síndrome dá intestino irritável; tumores neuroendócrinos; neoplasias; doença de Addison.

Diarreia gordurosa: síndromes disabsortivas; insuficiência pancreática.

Diarreia inflamatória: doenças inflamatórias intestinais tais gostar colite ulcerativa, doença de chron, diverticulite; doenças infecciosas; colite isquêmica; neoplasia.

Segundo Castilho et al (2012) nos esqueleto de diarreia secretória e inflamatória, as fezes elas pastosas relacionado a muco alternativamente sangue, desatualizado na diarreia gordurosa alternativamente disabsortiva, observa-se esteatorreia, com fezes claras, fétidas e volumosas. A rotina laboratorial e o tratamento devem ser direcionados segundo der suspeita clínica.

É importante observar o bang de hidratação e nutrição a partir de paciente.

2.2 - Constipação

Considerada com queixa freqüentemente na população, estimando-se ns prevalência de até ~ 26,9% na população brasileiro (BARBUTI, 2011), com maior frequência em mulheres, acima dos 60 anos, sedentários e compatriotas de baixo nível sócio económica e cultural. Naquela constipação intestinal tem limpar relação abranger a redução da doação de vida. Até a aceitação do comentários correspondência de romã III, o diagnóstico era impreciso, em resultado do que os pacientes consideravam como constipação intestinal.


Atenção

A pegar funcional é definiram pelo padrão de Roma, dar seguintes características:

Presença de pelo pequena dois dos seguintes sintomas, em 25% das evacuações:esforço presente;sensação de esvaziamento incompleto;manobras manuais para facilitado as evacuações (manobras digitais, doar pélvico ou vaginal);sensação de obstrução ou bloqueio anorretal;Fezes amolecidas são cru na ausente de uso de laxativos;Critérios porque o síndrome dá intestino irritável algum estão presentes.

Frente der um paciente alcançar queixa de constipação denominações necessário diferenciá se denominada primária (funcional) ou secundária a algum patologia ou medicamento. No caso da geléia funcional eles tem como razão os erros alimentares (baixo consumo de fibras), sedentarismo, além disso dos incapacidade de motilidade intestinal (BRUNING e cor de rosa FILHO, 2012). As razão secundárias estão discriminadas abaixo, está bem como a relação de medicamento que podem colaborar para emprego surgimento dos sintomas.

Causas de entupimento intestinal:

Doenças sistêmicas:

Endocrinológicas ou metabólicas: hipotireoidismo, diabetes, hipercalcemia, hipocalemia, uremia;Doenças neurológicas: Parkinson, neuropatia autonômica, esclerose múltipla, hirschsprung, esclerodermia, acidente vascular encefálico, prejuízo medular.Anormalidades estruturais:Anorretais: fissuras, hemorroidas, fístulas, retocele, abscessos, prolapso retal.Estreitamento colonico, massas no reto, megacólon e megarreto.Condições psicogênicas: ansiedade, depressão, somatização, transtornos alimentares, abusado e violência.Problemas gastrointestinais: câncer de colorretal, doença inflamatória intestinal, doença celíaca (BRUNING e rosa FILHO, 2012).

Medicamentos relacionado à constipação:

Opioides, anticolinérgicos, antidepressivos tricíclicos, bloqueadores dos canais de cálcio, antiparkinsonianos, simpaticomiméticos, antipsicóticos, diuréticos, anti-histamínicos, colestiramina, anti-inflamatórios não esteroides.

Quadro clínico

Explorar detalhadamente a biografia do paciente abranger objetivo de determinar se sim com certeza o paciente tem entupimento intestinal, inquirindo para início no sintomas, consistência, modelo e periodicidade do fezes, sintomas associados tais como agonizante abdominal, expansão abdominal aliviada pela evacuação, flatulência, experimente para evacuar; expedicionária se existem que indiquem pegar secundária, inquirindo especificamente sobre os sinais de alerta vermelho. O exame físico deve ser completo a fim de zombando possíveis sinais que indiquem uma patologia secundária, durante abdome pode ser encontrado agonizante à palpação e expande abdominal. Sendo detectado emagrecimento, palidez mucosa alternativa massas abdominais, é imprescindível naquela investigação para detecção de constipação através dos causas secundárias.

Deve-se realizar o exame anorretal, paciente posicionado em decúbito lateral esquerdo (BRUNING e cor de rosa FILHO, 2012):

Inspeção em repouso e alcançar manobra de valsalva: constatar a presença de fissuras, escoriações, hemorroidas externas, prolapso retal, herpes genital, fístulas ou abscessos perianais.Solicitar que o doentes realize a contração anal, se ocorre assimetria na aberto do anus ou aberto excessiva indicam distúrbio neurológico que altera a função são de esfíncter.Toque retal: constatar a sobrevivência de massas, úlceras alternativa fecalomas, então como conseguir um aumento do intervalo prostático.Retocele denominada evidenciada no o teste ginecológico, evidenciada pela protuberância na parede posterior da vagina vir se alegar que der paciente acabar a redução pélvica.

Exames complementares

Serão realizados somente enquanto houver evidencias de causas secundárias, ou a presença no alertas vermelhos! Na existe destes, deve-se solicitar colonoscopia alternativa retossigmoidoscopia. Segundo Bruning e Rosa filho (2012), depois de os 50 estou vivendo recomenda-se naquela realização da colonoscopia (maior sensibilidade para reconhecimento de câncer colorretal e prejuízo que levem der estreitamento dá colón) para rastreamento universal de câncer colorretal.

Tratamento

Inicialmente deve-se orientar o paciente em conectar à cobrar de mudado de hábitos alimentares e atividade física. Incentivar o paciente der sentar-se durante vaso banheiro diariamente, aproveitando emprego reflexo gastro cólico, depois de as refeições ou no prazo da manhã.


Atenção

Os paciente devem elogio orientações óbvio sobre a cobrar de se ingerir maior cardeais de fibras e líquidos. Deve-se ingerir de 25 naquela 35 grama de fibra ~ por dia, pode-se utilizar farelos de trigo, aveia ou linhaça (2 a 6 colheres de sopa através dos refeição), seguidas da ingestão de 1 a 2 copas de líquido. Devido vir efeitos colaterais (distensão, flatulência e dor) causa pela maior ingestão de fibras, orientar ministérios paciente der implementar naquela tipo de dietética gradualmente. Os efeitos esperados podem estar avaliados somente depois de ~ 7 naquela 10 dias dá início deste tipo de dieta.


Os autor propõe naquela reavaliação são de paciente após 1 mês, se não ocorrer melhora são de sintomas, introduzir laxativos formadores de bolo fecal, tipo psyllium e reavaliação posterior. Algum havendo melhora no sintomas recorrer ~ por laxantes osmóticos. Caso que haja melhora abranger reeducação alimentar, atividade física, uso de laxantes, considera encaminhar vir especialista. Pacientes idosos acamados alternativa pacientes neurológicos o que apresentarem desconforto abdominal em resultado a geléia intestinal posso se usar do usar de supositórios de glicerina ou enemas para promoção o lei de evacuação.

Formadores de massa: eles são polissacarídeos orgânicos que actuais promovendo o aumentar de cardeais de traduzir no bolo fecal, tendo como exemplos emprego farelo de trigo, o psyllium e der metilcelulose. Gostar de são adsorventes de água, há necessidade de incrementando da ingestão de líquido (BARBUTTI, 2011).

Diminuidores da consistia fecal: eles são surfactantes alcançar poder emulsificante, são bem tolerados, ele pode fazer ser combinar aos agente formadores de massa. O exemplo é o docussato de sódio. É compartilhado o uso de fribras naturais alternativamente sintéticas para esta função.Laxantes estimulantes: agir estimulando os movimento peristálticos, porém, segunda-feira Barbutti (2011) tenho poucas evidências científica comprovando sua utilização. Nesta categoria encontram-se os itens naturais (Senne e Cascara sagrada) e os análogos da fenolftaleína. Como efeito colateral eles podem desencadear cólicas abdominais e tolerância.Laxantes osmóticos: representados igual sais inorgânicos (compostos à base de magnésio), alcoóis ou açucares orgânicos (lactulose, polietilenoglicos, macrogol, lactilol). Açao aumentando der absorção de água para a luz intestinal. Gostar de efeito colateral, eles podem desencadear alterações hidroeletrolíticas, flatulência e distensão abdominal.

2.3 - Síndrome do intestino irritável (SII)

A síndrome a partir de intestino irritável denominações caracterizado através dos um distúrbio funcional a partir de trato digestivo de desenvolvimento crônica.

Quadro clínico

Clinicamente, manifesta-se por problema ou desconforto abdominal, associado a alterações dá hábito intestinal –constipação, diarreia ou alternância de uma alternativa outra. Outros sintomas freqüentemente podem ocorrer debaixo eles naquela fibromialgia, presença de fleuma nas fezes, movimentada retal, expansão abdominal, dor pélvica crônica, flatulência.

Essa síndrome é, extremamente, comum, segunda-feira as pesquisas, ela corresponde a a metade dos atendimentos ambulatoriais em gastroenterologia, existência muito comum nos atendimentos de clínica médica. Através ser muito compartilhado é de suma importância der atualização prosseguir pelos médico generalistas então como gastroenterologistas.


Atenção

De acordo alcançar os critério de romã III, der síndrome a partir de intestino irritável pode ser definida gostar a existe de problema abdominal ou desconforto, contínua alternativamente recorrente, geralmente localizada durante abdome inferior, abranger ocorrência de durante mínimo 3 dias pela mês nós últimos três mês e devem apresentar pelo menos dois das apresentou abaixo.

Dor eu imploro seu perdão alivia depois de defecarAlteração do hábito intestinalInício da agonizante associado á alteração na forma ou aparência das fezes

Os critério Diagnósticos de Roma iii para os incapacidade Gastrointestinais FuncionaisPDF • 50,7 KB

Esses pacientes tem que ser classificar de acordo alcançar a característica das fezes e naquela frequência defecatória, o unir de roma III, subdividiu essas propriedades em 4 subgrupos.


Atenção

SII associado a constipação:

Fezes sólidas fragmentadas em 25% ou acrescido e fezes pastosas alternativamente liquidas em pelo guardada 25% dos movimentos intestinais.

SII associado alcançar diarreia:

Fezes pastosas alternativamente líquidas em 25% dos caso ou mais e fezes sólidas alternativamente fragmentadas em 25% são de movimentos intestinais.

SII misto:

Fezes sólidas alternativamente fragmentadas em 25% ou adicionar e fezes pastosas alternativa líquidas e 25% ou acrescido dos simpatia intestinais.SII indeterminado.


No passado aquelas síndrome foi ~ tida como um diagnóstico de exclusão, ou seja, realizava-se toda a investigação necessária. Se tudo de os exames ser estar negativos, considerava-se como diagnóstico final a síndrome do intestino irritável. Na atualmente sabe-se que excluir uma doença de inclusão, como se comporte-se de um incomodar motor, normalmente os exames você pode apresentar–se normais. Através outro lado, não é incomum haver associações de doença ligadas a ela e por isso ter que ser investigada, como como: parasitoses, intolerância der lactose, debaixo outros. Para ministérios diagnóstico sobre isso síndrome tenho sido empregadas critérios clínico (Roma III) já citar acima. Porque o estabelecer aqueles classificação isso pode ser aplicado der Tabela de Bristol.

II) enfrentar Epidemiológicos da SII

Dados epidemiológicos nos afirma Unidos mostram que de 10% der 20% a população adulta americano tem síndrome do cólon irritável . Estudando populacionais , realizado no reino Unido em paciente que visitavam médico generalistas , demonstrar uma projeção de 2,6 / 1.000/ ano (GARCIA RODRIGUES et al, 2000).

De modo em geral , pesquisar de prevalência exibem uma maior predominância para emprego sexo fêmea (2:1) em indivíduos adulto independente da área etária.

Um recentemente estudo eu abri na Dinamarca com o propósito de juiz a prevalência da síndrome são de intestino irritável nessa população, revelou o que 6112 compatriota entrevistadas 16% dessas preenchiam os critério de Roma iii e pelo menor 36% delas apresenta a síndrome na forma de diarreia anti 33% na formato de geléia (KROGSGAARD, ENGSBRO e BYTZER, 2013).

III) Associações

A síndrome são de intestino irritável pode estar associada a outras doenças tal como a doença celíaca e naquela intolerância a lactose, ser que isto situações não são infrequentes

a) Intolerância a lactose e festa celíaca:

b) Dispareunia e qualificado pélvica crônica:

Um recente estudo, publicado por Sandler et ovo mostrou que 35% da mulheres com dor pélvica cronicando tinham síndrome do intestino irritável (odds ratio = 1.98, 95% , esse estudo eu mostrei ser comum nesse agrupados de pessoas, dor muscular e exaustão (OR = 1.93, 95% CI: 1.24, 3.01) isto estudo observou que havia conexão desses sintomas com abuso sexual ( WILLIANS et al, 2004). Em complemento, um estudo desempenhada no brasil e liberado em 2013 aquisição observado dados similares ao estudo anteriormente , balsa havia conectar de qualificado pélvica crônica, dipareunia abranger síndrome dá intestino irritável (19,5%), abranger história de abusos sexual (p=0.002), depleção e alterações do hábito intestinal, incluído estudo adquirindo aplicado para o diagnosticar os critérios de romã II (DEUTINGER e DEUTINGER, 1990). Esses dados mostram que algum é não é normal essas associações.

c) Doença dá Refluxo Gastroesofágico:

síndrome do cólon irritável isso é frequentemente associada a DRGE e fibromialgia, em débito tais caso receberem curar apropriado.Pós infecção: naquela prevalência de SII pós infecção varia de 6% der 17% , dependendo do país , alcançar risco parentes de 11.1 – 11.9% após gastroenterites existência as acrescido comuns a pela Salmonela, Shigela e Campylobacter.

d) correção na qualidade de Vida:

estudos de qualidades de vida demonstrar que naquela SII pode emite uma grande perda de andamento profissional entre estes pacientes, observa-se um grande prejuízo enquanto relacionamento adentraram pessoas gerando portanto uma redução da doação de vida então pacientes (GUNGOR et al, 2012; TARBELL e LU, 2013).Tratamento na SII/ Diarreia

Diarreia: Loperamida e alosetron.

Dor abdominal: Relaxantes muscular.

Antidepressivo tricíclico.

Inibidores seletivos de serotonina. Como cloridrato de fluoxetina 20 mg, ns vez ao dia.


Atenção

Os sinais de alerta são situações em eu imploro seu perdão devemos estar atentos e o que podem apagar SII, tais como:

Idade superior der 50 anosPerda de pesoSintomas noturnosSangramento retalAnemiaUso recente de antibióticosHistória afinidade de câncer de cólon

Diagnóstico diferencial de SII/ DiarreiaColites microscópicasDoença celíacaIntolerância der lactoseSíndrome dá intestino irritável com super desenvolve bacterianoMá absorção de sais biliarCâncer de cólonComplicações da SII

Diminuição da qualidade de destino têm demonstrado ser naquela maior complicação.

2.4 - festa inflamatória intestinal

As doença inflamatórias intestinais (retocolite ulcerativa e Crohn), são doença de palestra crônico e recorrente. É sabido que embora seus etiologia seja desconhecido o coeficiente genético associado aos meio (intestino), contribuem para uma resposta inflamatória exacerbada que denominada traduzida para o própria doença com seus sinais e sintomas.

estudos epidemiológicos mostram uma conseguir um aumento dessas doença no mundo todo, o que faz alcançar que o médico generalista se torne por vez adicionando atento der esses casos. É grandemente importante comemorando que ainda toda der íleite terminal denominada Crohn devido ser desempenhada um inquérito investigatório minucioso entre estes pacientes, principalmente, em relação aos uso de turning back- inflamatórios. Anti-inflamatórios eles podem desencadear sintomas parecidos abranger a doença de Crohn. Condições, tais gostar de infecções através dos Campylobacter, Shigella, Salmonela, Yersinia, microbacterium tuberculosis, estrongiloide estercoralis, entamoeba histolítica, citomegalovírus, herpes simples, clostridium difficile, clamídia , giárdia , isospora belli, você pode simular isto doenças.

Exames Complementares

Quadro clínico

Para ambas as doenças os sinais e sintomas dependerão inclusive da ampliação da doença, de modo geral poderíamos chamar atenção para:

Dor abdominal, alteração são de hábitos intestinais, perda de peso, sangramento, tenesmo, artralgia , eritema nodoso, acne violentamente (é importante biópsias tal lesões , pois, há doença que naquela doença pode ~ ~ fora a partir de intestino e isso que tem sólido raro, é a chamada telefónica de doença de Crohn metastática)

Outras sintoma podem ser estabelecer tais como artralgia, cálculo renal, aftas orais, osteoporose e osteoporose, ocular seco, uveíte.

Complicações

Para festa de Crohn: Fístulas, abscessos, perfuração e obstrução.

Câncer de cólon: Para ambas as doença esses através sua vez tem conexão direta com o tempo de doença , alcançar a severidade e alcançar história afinidade e der concomitância alcançar colangite esclerosante.

Tratamento

O paciente ele deve ter ser encaminhado para profissional experiente. E, gostar medidas gerais:

Mesalasinas:

Para doença de Crohn, isto medicamento têm proposta ser eficaz em evita as recorrências cirúrgicas e o câncer de cólon.

Deve-se levar em conta a localização da doença, pois tenho liberação por essa medicamento e sua porção ativa tem íntima relação abranger o local da mesma.

Antibióticos:

Para doença de Crohn moderada (Ciprofloxacina 500 medicamento 2xdia e metronidazol 400 mg 8/8).

Corticóides:

Medicação apenas um utilizada nas passo ativas, algum deve ser utilizado através dos tempo alongar , devido vir seus efeitos colaterais.

Azatioprina e 6 mercaptopurinas

Anti – TNFS

Metrotrexate somente para doença de Crohn.

Ciclosporina , apenas é útil na retocolite ulcerativa.


*

BactériasVírusParasitas
Escherichia coli produtora de diarregia Rotavírus Protozoários
Campylobacter jejuni Norovírus (calicivírus) Cryptosporidium parvum
Vibrio cholerae O1 Adenovírus (sorotipo 40/41) Giardia intestinalis
V. Cholerae O139* Astrovírus Microsporida*
Espécie Shigella Citomegalovírus* Entamoeba histolytica
V. Parahaemolyticus Isospora belli*
Bacteroides fragilis Cyclospora cayetanensis
C. Coli Dientamoeba fragilis
C. Upsaliensis Blastocystis hominis
Salmonellae algum tifoide Helmintos
Clostridium difficile Strongyloides stercoralis
Yersinia enterocolitica Angriostrongylus costaricensis
Y. Pseudotuberculosis Schistosoma mansoni, S. Japonicum

Fonte: Diarreia aguda em adultos e crianças: uma perspectiva mundial. WGO, 2012.


PatógenosDor abdominalFebreEvidência de inflamação em fezesVômitos, NáuseasFezes heme-positivasFezes sanguinolentas
Shigella ++ ++ ++ ++ +/- +
Salmonella ++ ++ ++ + +/- +
Campylobacter ++ ++ ++ + +/- +
Yersinia ++ ++ + + + +
Norovírus ++ +/- - ++ - -
Vibrio +/- +/- +/- +/- +/- +/-
Cyclospora +/- +/- - + - -
Cryptosporidium +/- +/- + + - -
Giardia ++ - - + - -
Entamoeba histolytica + + +/- +/- ++ +/-
Clostridium difficile + + ++ - + +
Escherichia coli Produtora de Shiga toxina (inclui O157:H7) ++ 0 0 + ++ ++

Palavra-chave: ++, comum: +, ocorre, +/-, variável; -, algum comum: 0, atípico/não frequente.

Fonte: Diarreia aguda em adultos e crianças: uma aspecto mundial. WGO, 2012.
AvaliaçãoPlano APlano BPlano C
1 bang Geral2 Olhos3 Mucosa4 Sede5 Pulso radial6 Turgidez na pele NormalNormalNormaisNormalNormalNormal Irritável/hipoativo*FundosSecasSedentoVolume baixo*Reduzida* Letárgico/comatoso*--Incapaz de beber*Ausente/incontável-
Diagnóstico Não sim desidratação Certa desidrataçãoObservam-se pelo menos dois sinais, incluindo enquanto mínimo um sintoma chave (*) Desidratação severaObserva-se sinal de "certa desidratação", no decorrer mínimo um sintoma chave (*)
Tratamento Evitar der desidrataçãoReavaliar Periodicamente Reidratar abranger SRO, exceto se não puder beberReavaliação frequente Reidratar alcançar líquidos i.v. E SROReavaliação mais frequente

* sinais chave.

Fonte: FARTHING e SALAM Diarreia aguda em adultos e crianças: uma aspecto mundial. WGO, 2012.
CausaPrimeira escolha (Alternativa(s)
Cólera

DoxiciclinaAdultos: 300 mg uma giradas Crianças: 2 mg/kg (não recomendado)

AzitromicinaAdultos: 1.0 g em ns única dose, só uma rotação Crianças: 20 mg/kg em ns única dose

Ciprofloxacina*Adultos: 500 medicamento cada 12 horas enquanto 3 dias, ou 2.0 grama em 1 única dose só uma vezCrianças: 15 mg/kg por 12 horas durante 3 dias* Em muito de países tem elevado a concentração inibitória mínima (CIM) — tratamento abranger múltiplas doses durante 3 dias

Shigelose

CiprofloxacinaAdultos: 500 mg 2×/dia no 3 dias, alternativa 2.0 g em ns única dose somente uma vez

PivmecillinamAdultos: 400 mg 3–4 veces/dia no 5 diasCrianças: 20 mg/kg 4×/dia no decorrer 5 dias

CeftriaxonaAdultos: 2–4 g em ns única dose diáriaCrianças: 50–100 mg/kg 1×/dia i.m. No 2–5 dias

Amebíase minister invasiva

MetronidazolAdultos: 750 medicamento 3×/dia durante 5 dias*Crianças: 10 mg/kg 3×/dia durante 5 dias**10 mim para doença severa

Giardíase

MetronidazolAdultos: 250 medicamento 3×/dia no decorrer 5 diasCrianças: 5 mg/kg 3×/dia enquanto 5 dia

TinidazolTambém ele pode fazer ser gerenciou em 1 dose única - 50 mg/kg pela via oral; dose adágio 2 g

OrnidazolPode estar utilizado segue as recomendações são de fabricante - dose única de 2-g

SecnidazolPara adultos (não disponível nos EUA)

Campylobacter

AzitromicinaAdultos: 500 medicamento 1×/dia enquanto 3 diasCrianças: dose só de 30 mg/kg precocemente vir aparecer naquela doença

Fluoroquinolonas como ciprofloxacinaAdultos: 500 mg 1×/dia durante 3 dias

Fonte: FARTHING e SALAM Diarreia aguda em adultos e crianças: uma aspecto mundial. WGO, 2012.

Explique together três regra para emprego manejo correto da diarreia enquanto domicílio:

1. Dar acrescido líquido a partir de que emprego habitual porque o prevenir der desidratação.

O paciente deve tomar líquidos caseiros (água de arroz, seroso caseiro, chá, sucos e sopas) ou Sais de Reidratação oral- (SRO) após cada evacuação diarréica.

2. Conservar a alimentando habitual ao prevenir der desnutrição.

Continuar ministérios aleitamento materno.Se a criança não mamar, continuar alcançar o leite habitual.Manter a dieta usual para as children maiores de 4 meses, eu imploro seu perdão comam comida sólidos, e também para os adultos.

3. Se ministérios paciente não melhorar em dois dias alternativamente se introduzir qualquer um a partir de sinais abaixo, levá-lo vir serviço de saúde. Sinais de perigo:

Piora da diarreia;Vômitos repetidos;Muita sede;Recusa de alimentos;Febre;Sangue dentro fezes;

Os pacientes devem aclamado soro oral- (SRO) no domicílio se:

Estiverem desidratados e receberem alta.Não puderem voltar vir serviço de saúde.Vierem de áreas afetadas por cólera.
IdadeQuantidade de SRO eu imploro seu perdão se ele deve ter tomar depois de evacuação diarréicaQuantidade de SRO ao levar vir domicílio
Menores de uma ano50 - 100 ml1 envelope através dos dia
1 - 10 anos100 - 200 ml2 envelopes por dia
Maiores de 10 anosTudo ministérios que quiser4 envelopes pela dia

1. Gestão Sais de Reidratação oral- (SRO).

A quantidade de solução ingerida dependerá da sede dá paciente.O SRO deverá ser dado continuamente, até ~ que desaparençam os sinal de desidratação.Apenas como alinhamento inicial, o doentes deverá elogio de 50 a 100 ml/Kg, no período de 4 der 6 horas.

2. Assistir o doentes continuamente, durante naquela reidratação, e ajuda a casa a dado o sérum oral.

3. Durante naquela reidratação, reavaliar o paciente. Alavancada o Quadro para reconhecimento do bang de hidratação dá paciente.

Se algum apresentar sinais de desidratação, usar o avião A.Se continue desidratado, referir o plano B por adicionar 2 horas e reavaliar.Se o paciente evoluir ao desidratação alcançar choque, cruzando para o aviões C.

4. Alavancar a permanência são de paciente alternativamente acompanhante no decorrer serviço de saúde para agindo a:

Reconhecer os sinais de desidratação.Preparar e gestão o sérum de Reidratação Oral.Praticar medidas de higiene empregado e domiciliar.

Avaliar o doentes continuamente. Se que estiver melhorando, conseguir um aumento a rapidez da infusão.

FASE DE MANUTENÇÃO

Quando o paciente puder bebida (geralmente em 2-3 horas), iniciar o soro oral, mantendo-se naquela hidratação pela via endovenosa abranger 20 ml/Kg/dia.Observar emprego paciente através dos pelo pequena 6 horas.Retirar naquela via endovenosa somente enquanto o paciente puder ingerir SRO suficiente ao manter-se hidratado. A quantidade de SRO necessária varia de um paciente para o outro, dependendo são de volume de evacuações.Lembrar eu imploro seu perdão a cardeais de SRO der ser ingerida é maior nas primeiras 24 horas dá tratamento, especialmente nos paciente que tiveram desidratação grave.Como orientação, considera a cardeais média de SRO necessário para esses pacientes: entre 250-500 ml (SRO/Kg de peso/24 horas).

Ver mais: Qual A Cor Do Meu Cabelo ? Conheça 8 Aplicativos Que Vão Te Ajudar


Atenção

Os paciente que estiverem desidratados deve permanecer enquanto serviço de saúde até que haver inferiores de voltar a se desidratar.