Germination e vigor the chia seed (Salvia hispanica L. - Lamiaceae) under various temperatures and light conditions


R. STEFANELLO Universidade comunidade de Santa mary (UFSM), alameda Roraima, 1000, RS, papai noel Maria, RS, Brasil, 97105-900.

Você está assistindo: Qual a quantidade de chia por dia


L.A.S. NEVES Universidade commonwealth de Santa mary (UFSM), caminho Roraima, 1000, RS, papai noel Maria, RS, Brasil, 97105-900. M.A.B. ABBAD Universidade federal de Santa mary (UFSM), alameda Roraima, 1000, RS, papai noel Maria, RS, Brasil, 97105-900. B.B. VIANA Universidade federal de Santa maria (UFSM), alameda Roraima, 1000, RS, santa Maria, RS, Brasil, 97105-900.Sobre os autores
RESUMO

A Salvia hispanica, todo mundo sabe popularmente gostar chia, ele apresenta elevada notabilidade pela suas apresentou nutricionais, sendo rico em proteínas, fibras, sais água com gás e ácidos graxos, os quais podem ~ ~ responsáveis pela diminuição do ameaça de doenças cardiovasculares. Du do crescente consumo, existir poucos estudar em relação à germinação e aos vigor de suas sementes. Assim, o demonstrado trabalho teve como objetivo juiz os efeito da parecer e da temperatura no potencial fisiológico de semente de chia (Salvia hispanica L.). Porque o tal, as sementes foram colocadas ao germinar nas temperaturas constante de 20, 25 e 30 ºC na existe e ausente de luz. Os parâmetros avaliados foram: porcentagem de germinação, primeira contagem, índice de velocidade de germinação, e comprimento e massa seca a partir de plântulas. O delineamento experimental utilizado aquisição inteiramente casualizado alcançar quatro repetições de 100 sementes. Constatou-se que a germinação a partir de sementes de chia ocorre tanto na existe quanto na ausência de luz. As semente de chia, sem dormência, germinam ao melhor na temperatura constante de 20 °C.

Palavras-chaveplantas medicinais; fotoblastismo; qualidades fisiológica


ABSTRACT

The Salvia hispanica, recognized as chia, has alto notability ao its nutritional features, being rich in protein, fiber, minerals and fatty acids, which have the right to be responsible para reducing ns risk of cardiovascular diseases. Although ns consumption of the seed is increasing, there estão few research studies about ns germination e vigor of ns seeds. A aim of this study was come evaluate the effects of light and temperature on the physiologic potentiality that chia seeds (Salvia hispanica L.). The seeds were sowed on paper at consistent temperatures that 20, 25 and 30 ºC in ns presence or lack of light. A parameters evaluated were a following: percentage of germination, primeiro count, germination speed index, length, e dry load of ns seedlings. The experimental esboço, projeto used foi ~ of complete randomized plots com four replications the 100 seeds. The germination of a chia seeds arisen in ns presence or absence of light. The chia seeds, there is no dormancy, germinated much better at a constant temperature of 20 ºC.

Keywordsmedicinal plant; photoblastism; quality physiological


INTRODUÇÃO

A Salvia hispanica L., popularmente conhecida como chia, denominada uma planta cultivada pela de sementes e é um presente uma considerável cardeais de antioxidantes, proteínas, fibra alimentar e ácidos graxos α-linolênico (Sandoval-Oliveros & Paredes-López, 2013SANDOVAL-OLIVEROS, M.R.; PAREDES-LÓPES, O. Isolation and characterization the proteins a partir de chia seed (Salvia hispanicaL.). Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 61, p. 193-201, 2013.).

Nos últimos estou vivendo essa sementes tornou-se importante para a alimenta por fornecer benefícios à saúde pessoa (Sandoval-Oliveros & Paredes-López, 2013SANDOVAL-OLIVEROS, M.R.; PAREDES-LÓPES, O. Isolation e characterization the proteins são de chia seed (Salvia hispanicaL.). Diário of Agricultural e Food Chemistry, v. 61, p. 193-201, 2013.), como, através exemplo, naquela redução de doenças cardiovasculares, colesterol, triglicerídeos, obesidade e regulação dá intestino, está bem como evitar de doenças como a diabetes do tipo II e de algum tipos de câncer (Vázquez-Ovando et al., 2010VÁZQUEZ-OVANDO, J.A. Et al., Dry processing of chia (Salvia hispanica L.) flour: chemistry characterization that fiber and protein. Journal of Food, v. 8, p. 117-127, 2010.; Ixtaina et al., 2011IXTAINA, V.Y. Et al., Characterization of chia particle oils derived by pressing e solvent extraction. Diário of Food Composition e Analysis, v. 24, n. 2, p.166-174, 2011.; Jin et al., 2012JIN, F.; et al., Supplementation of milled chia seeds rises plasma ala and epa in postmenopausal women. Plant Foods for Human Nutrition. V. 67, p.105-110, 2012.).

O processo germinativo na semente pode ser afetado por fatores internos, externos alternativamente ambientais (Luz et al., 2014LUZ, F.N.; et al.,. Interferência de luz, temperatura, profundidade de semeadura e palhada na germinação e surgimento de Murdannia nudiflora. Comunicata Scientiae, v. 5, n. 1, p. 26-33, 2014.). Der sensibilidade a partir de sementes à brilho é bonito variável de acordo abranger a espécie, e se sementes cuja germinação denominada influenciada positiva alternativa negativamente pela luz e semente indiferentes naquela esse fator, é fotoblásticas positivas, negativas e neutras, respectivamente (Guedes & Alves, 2011GUEDES, R.S.; ALVES, E.U. Substratos e temperatura para emprego teste de germinação de semente de Chorisia glaziovii (O. Kuntze). Cerne, v. 17, n. 4, p. 525-531, 2011.; Carvalho & Nakagawa, 2012CARVALHO, N.M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5 ed. Jaboticabal: Funep, 2012. 590p.; Taiz & Zeiger, 2013TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. 5 ed. Porta Alegre: Artimed, 2013. 954p.).

A temperatura, por outro lado, influencia tantos, muito na porcentagem quanto na velocidade de germinação, interferindo na absorção da água e dentro reações bioquímicas (Carvalho & Nakagawa, 2012CARVALHO, N.M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. 5 ed. Jaboticabal: Funep, 2012. 590p.). Vários pesquisar têm presente que a parecer e a temperatura interferem na germinação da semente de diferente espécies, gostar Calendula officinalis (Koefender et al., 2009KOEFENDER, J.; et al., afetar da temperamento e da brilho na germinação da semente de calêndula. Horticultura Brasileira, v. 27, p. 207-210, 2009.); Blephacoralyx salicifolius (Rego et al., 2009REGO, S.S. Et al., Germinação de sementes de Blephacoralyx salicifolius (H. B. K.) Berg. Em diferentes substratos e doença de temperatura, brilho e umidade. Revista brasileiros de Sementes, v. 31, n. 2, p. 212-220, 2009.); Piper sp. (Bergo et al., 2010BERGO, C.L.; et al., brilho e temperamento na germinação de semente de pimenta grande (Piper hispidinervum) e pimenta-de-macaco (Piper aduncum). Revista brasileiros de Sementes, v. 32, n 3, p. 170-176, 2010.; Pacheco júnior et al., 2013PACHECO JUNIOR, F, et al., Germination e vigor that long-pepper seed (Piper hispidinervum) as naquela function of temperature and light. Revista ciência Agronômica, v. 44, n. 2, p. 325-333, 2013.); Stevia rebaudiana, Salvia sclarea e Tagetes minuta (Kumar & Sharma, 2012KUMAR, R.; SHARMA, S. Result of light and temperature on seeds germination of vital medicinal e aromatic tree in norte western Himalaya. Internacional Journal the Medicinal and Aromatic Plants, v. 2, n. 3, p. 468-475, 2012.); Ipomea grandifolia (Orzari et al., 2013ORZARI, i et al., Germinação de espécies da morada Convolvulaceae debaixo diferentes condições de luz, temperamento e profundidade de semeadura. Planta Daninha, v. 31, n. 1, p. 53-61, 2013.); Digitaria insularis(Mendonça et al., 2014MENDONÇA, G.S. Et al., Ecophysiology of seeds germination in Digitaria insularis L. (Fedde). Revista ciência Agronômica, v. 45, n. 4, p. 823-832, 2014.); Murdannia nudiflora (Luz et al., 2014LUZ, F.N.; et al.,. Interferência de luz, temperatura, profundidade de semeadura e palhada na germinação e emergência de Murdannia nudiflora. Comunicata Scientiae, v. 5, n. 1, p. 26-33, 2014.), entre outros.

Apesar do aumento considerável de conhecimentos relativos à usar de semente de chia para propósito medicinais e condimentares, as informações sobre ministérios processo germinativo de sementes isto espécie mas são escassas e insuficientes se comparadas alcançar as espécies ornamentais e hortaliças. Isto é espécie é merecedora de estudos , não apenas quanto à importância nutricional, como, também, quanto é este à avaliação da qualidades fisiológica de suas semente a fechamento de fornecer conhecimento útil que permita der elucidação a partir de seu processo germinativo e a possível em vez de substituir da importação de sua sementes. Desta forma, o apresentada trabalho teve gostar objetivo avaliação os efeitos da brilhando e da temperatura no potencial fisiológico de sementes de Salvia hispanica L.

essa E MÉTODOS

O atuavam experimental adquirindo desenvolvido no Laboratório de genética Vegetal, são de Departamento de Biologia, central de ciências Naturais e ciências exatas da Universidade federal de Santa maria (RS).

Foram utilizadas semente de chia (Salvia hispanica L.), casa Lamiaceae, adquiridas de uma empresa tradicional em produção e comercialização de sementes, localizada durante município de Santa cruz do sul (RS).

Para a reconhecimento do efeito da luz e da temperatura sobre ministérios potencial fisiológico, as semente de chia passou a ser submetidas à presença alternativamente ausência de brilhando nas temperaturas constante de 20, 25 e 30 °C (Menezes et al., 2004MENEZES, N.L, et al., Germinação de semente de Salvia splendens Sellow em diferente temperaturas e qualidades de luz. Revista brasileiro de Sementes, v. 26, n. 1, p. 32-37, 2004.; Brasil, 2009BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regra para analisadas de sementes. Secretaria de defesa Agropecuária. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399p.; Koefender et al., 2009KOEFENDER, J.; et al., afetar da temperatura e da brilho na germinação da sementes de calêndula. Horticultura Brasileira, v. 27, p. 207-210, 2009.; Rego et al., 2011REGO, S.S. Et al., Germinação de semente de Blephacoralyx salicifolius (H. B. K.) Berg. Em diferentes substratos e doença de temperatura, luz e umidade. Revista brasileiros de Sementes, v. 31, n. 2, p. 212-220, 2009.; Luz et al., 2014LUZ, F.N.; et al.,. Envolvimento de luz, temperatura, profundidade de semeadura e palhada na germinação e aparência de Murdannia nudiflora. Comunicata Scientiae, v. 5, n. 1, p. 26-33, 2014.).

Na existe de luz, together sementes foi ~ colocadas em sala de germinação, alcançar regime de 8 h de brilhando e 16 h sem luz. Na ausente de luz, as sementes foi ~ semeadas em sala iluminada alcançar filtro de segurança formado através dos três folhas de departamento celofane verdes e mantidas no decorrer escuro durante todo o teste, cobrindo-se as caixa plásticas de germinação alcançar duas folhas de departamento alumínio (Stefanello et al., 2006STEFANELLO, R. Et al., influência da luz, temperamentos e enfatizar hídrico na germinação e no vigor de sementes de anis. Revista brasileiro de Agrociência, v. 12, n. 1, p. 45-50, 2006.). A condição alcançar iluminação adquirindo obtida dentro câmaras de germinação para o utilização de quatro lâmpadas fluorescentes do tipo brilho do data 20 W, alcançar densidade de fluxo radiante na altura das caixas de 15 mmol.m-2.s-1 (Koefender et al., 2009KOEFENDER, J.; et al., afetar da temperatura e da brilhando na germinação da sementes de calêndula. Horticultura Brasileira, v. 27, p. 207-210, 2009.).

O potenciais fisiológico das sementes aquisição avaliado por dos seguintes testes:

Teste de germinação (%): realizado alcançar quatro repetições de 100 sementes, distribuídas em caixa plásticas (gerbox), para três folhas de departamentos filtro umedecidas alcançar água destilada na razão de 2,5 vezes emprego peso são de papel. Após a semeadura, as caixa plásticas (gerbox) ser estar mantidas dentro temperaturas de 20, 25 e 30 °C, ser as contagens realizadas vir 7 e 14 dia (quando foi finalizado ministérios teste). Os resultados foram expressos em porcentagem de plântulas normal (Brasil, 2009BRASIL. Gabinete da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regra para analisadas de sementes. Secretaria de proteger Agropecuária. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399p.).

Primeira pontuação (%): realizada juntamente alcançar o exame de germinação, em que se determinou naquela percentagem de plântulas normais no sétimo dia após a instalação a partir de teste (Brasil, 2009BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regra para analisado de sementes. Secretaria de defende Agropecuária. Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399p.).

Índice de velocidade de germinação (IVG): together contagens das sementes germinadas passou a ser efetuadas diariamente, durante mesmo horário. O padrão de germinação adquirindo a protrusão radicular. O índice de rapidez de germinação foi calculado empregando-se naquela fórmula de Maguire (1962)MAGUIRE, J.D. Speed of germination-aid in selection and evaluation para seedling emergence e vigor. Chop Science, v. 2, n. 2, p. 176-177, 1962.:

IVG = G1/N1 + G2/N2 + ... = Gn/Nn

Onde:

IVG = catalogar de rapidez de germinação.

G1, G2, Gn = número de sementes germinadas computadas na primeiro contagem, na segunda pontuação e na final contagem.

N1, N2, Nn = consistência de dia da semeadura à primeira, segunda-feira e à último contagem.

Comprimento do plântulas (cm): as plântulas normais ser estar obtidas a partir da semeadura de quatro repetições de 20 sementes. Os rolos de papel forno as sementes permanecer em sala de germinação por sete dias, à temperatura de 20, 25 e 30 °C, enquanto então, adquirindo avaliado, aleatoriamente, o comprimento bruta de 10 plântulas em por repetição, com o ajuda de uma régua milimetrada. O longs médio do plântulas adquirindo obtido somando-se as medições de cada repetição e dividindo-se pelo consistia de plântulas normalmente mensuradas, alcançar resultados expressos em cm.plântula-1.

Massa seca ns plântulas (mg): determinada, primeiramente, por da obtenção do peso fresco a partir de 10 plântulas previamente medidas, nas quatro repetições e preparado em sacos de papel, em estufa alcançar temperatura de 60 °C, até ~ a foi de massa certo (48 h). Posteriormente, as plântulas foram novamente pesadas em balança de precisão, abranger resolução de 0,001 g, existência os achados expressos em mg.plântula-1.

O delineamento experimentar utilizado foi o inteiramente casualizado, fex os tratamentos constituíram um fatorial 3 x 2 (3 temperaturas x presença ou ausência de luz). As mudar germinação e primeira pontuação foram convertido em arc sen √x/100. Para analisado da dispersão empregou-se ministérios teste ns e, quando este aquisição significativo, as comparações entrada as médias a partir de tratamentos foi ~ efetuadas pele teste de scott Knott, aos nível de 5% de probabilidade. Para a analisado dos dados adquirindo utilizado ministérios programa estatística SISVAR (Ferreira, 2000FERREIRA, D.F. Manual dá sistema Sisvar para plural estatísticas. Lavras: UFLA, 2000. 69p.).

Ver mais: Poa To Gig ( Porto Alegre Ate Rio De Janeiro ) Flights, Cheap Flights From Porto Alegre To Rio De Janeiro

resultados E DISCUSSÃO

A plântula usualmente e der anormalidade adicionar frequente dentro plântulas de chia (Salvia hispanica) are apresentadas na figura 1. De acordo com Brasil (2009), as plântulas normais são aquelas que atualmente estruturas essenciais como sistema radicular e parte antena (hipocótilo, epicótilo, gemas terminais, cotilédone) e mostram potencial para prosseguir seu desenvolvimento, exposição origem naquela plantas normais enquanto submetidas a condições favoráveis. Através dos outro lado, as plântulas esquisito são aquelas alcançar qualquer uma a partir de suas estrutura essenciais ausente e que algum apresentam potencial para prosseguir seu desenvolvendo e dado origem a plantas normais, mesmo desenvolve em condições favoráveis.